terça-feira, 4 de outubro de 2011

O Rock in Rio 2011 - A sua quarta edição nua e crua! - Parte I.




E acabou!
Até 2013, na ESPERANÇA de um cast mais Rock, e menos voltado para o COMERCIAL!
Devo dizer que devido aos compromissos diários de trabalho, não pude acompanhar os últimos Shows dos dias com a devida atenção, mas vamos lá!


Fazendo um HONESTO e rápido balanço...


Sexta-feira, dia 23/09 - Palco Sunset:
- Móveis Coloniais de Acajú + Leitieres Leite & Orquestra Rumpilezz + Mariana Aidar : Vocês só podem estar de BRINCADEIRA! O que eles estavam fazendo ali?
- Ed Motta + Rui Veloso + Andreas Kisser : De longe o melhor Show deste dia neste Palco! Em termos de Rock, a MELHOR apresentação do dia dos dois Palcos! Só rolou os Clássicos!!



- Bebel Gil + Sandra de Sá : Muito Funk, muitos beijinhos entre as duas, e muito choro sempre ao citarem Cazuza ... um saco!
- The Asteroids Galaxy Tour + The Gift : Graças a Deus nem me dei ao trabalho de vê-los! No que estava absolutamente CERTO! Um LIXO, pelo que pude ver em alguns trechos!



Sexta-feira, dia 23/09 - Palco Mundo:
- Abertura: Milton Nascimento cantando 'Love of My Life' em um "dueto" nonsense com Freddie Mercury... Tudo a ver! Meu Deus, e ele aceitou... Deprimente! 



- Paralamas + Titãs : Momento interessante de duas Bandas que se conhecem, excursionaram juntas e até fizeram Tour dividindo o palco. Não conseguiu me levantar... :(
- Maria Gadú + Orquestra Sinfônica Brasileira : ... Hã????
- Claudia Leitte : Brincou! Apesar de ter o Led em seu setlist, pensa que está em cima de um trio aqui de Salvador! Por sua postura no palco totalmente fora de contexto, foi MERECIDAMENTE vaiada!
- Katy Perry : Meu Deus! Ela é loira! A Miss "Algodão Doce" não consegue nem prender a atenção de pré-adolescentes de 10 a 12 anos de idade! O seu melhor momento foi quando gritou: "Sorocabaaa!".



- Elton John : Com a sua envelhecida, mas Leal, Banda, Sir Elton era o "patinho feio" da noite no palco principal. Espremido pela creche da Kate, e pelos acéfalos fãs de rihanna! Desculpem-nos Sir Elton John!! O senhor não merecia isto! Quase ser posto para fora do palco por um punhado de fãs acéfalos aos gritos "rihanna" ... Aff!!
- Rihanna : Time to go to bed (Hora de ir para cama)! Perder o meu sono por aquilo? E aí entra a garrafa de vodka ambulante, mambembe! Só depois soube que o 'vendido' do Nuno Bittencourt (ex-Extreme) estava em sua guitarra. Justificou vendo-a fazendo 'air-guitar' em algumas fotos! É... rihanna, que falta fez o seu ex, hein?


Por outro lado, o momento "segura aí que minha consciência volta já!" fica por conta da global, Cristiane Torloni. Muito demais! Funny!




Sábado, dia 24/09 - Palco Sunset:
- Milton Nascimento + Esperanza Spalding : Milton já não é mais o mesmo... mesmo! Treme, e não tem mais o seu alcance de voz! Já Mrs. Spalding foi uma grata revelação para mim! Excelente contrabaixista e cantora! A sua linha de baixo foi "costurando" as músicas de maneira FANTÁSTICA! Me fez correr para conhecer os seus trabalhos! Muito Boa apresentação!
- Mike Patton & Mondo Cane + Orquestra de Heliópolis : Mike é reconhecidamente um 'louco'! Louco a ponto de abandonar o Faith No More e envolver-se com projetos Cult, nada comerciais! Desta vez, ele nos surpreendeu com um excelente Show, totalmente fora do seu estilo (antigo), cantando TODA a apresentação em italiano, mas com a postura Mike Patton de ser! A Orquestra de Heliópolis pareceu-me muito divertida, competente e extremamente entrosada com a Mondo Cane e com o Mike! Muito legal!
As outras apresentações não me sinto a vontade de comentá-las. Não gostei, não prestei atenção!




Sábado, dia 24/09 - Palco Mundo:
- Nx Zero : Nada mal para uma banda digna de figurar no cd da "malhação' da Globo! Pesadinha, sem nenhum compromisso com a 'verdade' musical! Deu para passar o tempo!
- Stone Sour : Outra apresentação surpreendente! Não pela competência técnica, mas pelo peso. Não conhecia esta Banda. Preciso ouvi-la mais! O seu bom vocalista também figura no Slipknot! Merece atenção!
- Capital Inicial : Um show típico do Capital Inicial! Ives tocando bem e Dinho animando a festa! Destaque para o vocativo ao Sarney, na introdução da cover do Legião "Que País é Este?".
- Snow Patrol : Hora de dormir! Nada que preste!
- Red Hot Chili Peppers : Pessoalmente está longe de ser uma das minhas Bandas preferidas, mas é inegável a Energia que a mesma impõe em suas apresentações. O Flea é um músico incrível! Chad, o batera, inflige igual pressão em seu instrumento na mesma intensidade que o Flea em seu contrabaixo! O Anthony Kiedis não me convence como vocalista. Acho ele apenas "o" vocalista para o Red Hot, e o novo guitarrista, segue a linha dos anteriores. O Momento do show, incontestavelmente foi a encore, na qual eles aparecem com as camisas com a foto do filho da Cissa Guimarães, homenageando-o no que seria o dia de seu aniversário!!





Domingo, dia 25/09 - Palco Sunset:
- Matanza + B Negão : Um saco! Aliás, os dois pés no saco! Esperava mais do Matanza! Confesso, nada do B. Negão!
- Korzus + The Punk Metal All Stars : Grande iniciativa! Achei que faltava o Redson (que fez a passagem dias depois)! O Korzus continua a mesma barulheira inconsequente de anos atrás! Sem refinamento! Com aqueles vocais ... Bom, pra quem gosta... Pelo menos foi pesado! Mas eu não gostei! Pena! O Grande Momento foi a entrevista da coitadinha da Érika Mader com o J. Gordo! Fantástico! Huahuahua!
Vale a pena ver de novo! Direto da Seção "Meu Deus, o que eu estou fazendo aqui? Me tira logo disto!!". Não deu uma dentro!


- Angra + Tarja Turunen : Muito boa apresentação! A Banda afiadíssima, como sempre. O Edu Falaschi é que achei que não cantou como "O Vocalista" do Angra! Mas foi legal! Embora, este Show já mostraria as "nuvens negras" que viriam a pairar na qualidade do Som, não só para as Bandas, bem como para o público, inclusive o de casa! Não só o Angra e a Tarja sofreram, também o Sepultura e o Motorhead! Mesmo ainda em palcos diferentes!!
- Sepultura + Tambours du Bronx : Problemas técnicos atrasaram a entrada do Sepultura, e consequentemente dos tambores do Tambor - êta nós!! Já suficientemente "alto" algumas doses de whiskies, dormi uns revigorantes minutos. Tempo ainda para ver algumas músicas desta apresentação! Muito legal a energia entre as duas Bandas. Isto sem falar das pancadas dos tunéis! A performance dos percussionistas franceses foi algo muito energético e tribal, casando feito "uma luva" com o som visceral e também tribal de Andreas e sua Turma!

(Sepultura e os Tambours Du Bronx) 



Domingo, dia 25/09 - Palco Mundo:
- Gloria : Apesar de instrumentalmente pesado, um vocalista "perdido"! Decididamente a banda não tinha calibre para estar ali! Foi vaiada quase todo o tempo, exceto quando do solo de bateria, sabiamente improvisado no setlist para fazer o "povo" acalmar! Não adiantou muito, o solo acabou, a Banda continuou a executar as suas músicas, e tome-lhe vaia! Porque eles ali e não o Sepultura?
- Coheed and Cambria : Grata surpresa para mim e para o público! Desconhecia esta Banda! Muito boa! Os Guitarristas são mortais. O Vocalista/guitarrista Cláudio Sanchez é excelente. Cabeleira estranha, mas ainda um excelente músico e compositor. Quando as coisas "apertaram", eles lançaram uma cover do Iron Maiden - "The Trooper"! Ganharam o público a partir daí! Vou prestar mais atenção a esta Banda!
- Motorhead : Excelente Show, energia pura! Mesmo com TODOS os problemas críticos com a operação do som, até mais ou menos a sua metade! Até a música final podíamos ver Mikkey Dee gritando com a técnica. Phil Campbell não parava de gesticular, apontar para o seu equipamento, "falar" em direção ao backstage, também claramente reclamando! Lemmy foi mortal até o final, mas parecia desconfortável! Sem muita empolgação, mas com profissionalismo! Ao terminarem o seu "set", Mikkey Dee foi ao estúdio da MultiShow, ser entrevistado pelas "meninas" Didi Wagner e Luisa Micheletti. Enquanto Mikkey falava dos muitos problemas com o som, o próprio Lemmy ia pessoalmente "cobrar" explicações do pessoal da técnica! Grande momento!!


  
- Slipknot : Confesso que vi quase nada! E o que vi, achei interessante! Cenas impagáveis do Show: O mosh de um dos integrantes e o "louco bum -bum do tambor" - o taco de beisebol voltando na cabeça do palhaço (cena final)!


- Metallica : Este foi um show do Metallica, sem tirar e nem por! Nada de especial! Apenas o velho e bom Metallica! Mais pesado ao vivo, e colocando a povo para vibrar com os seus clássicos! Show marcante!




Aguardem para muito breve a segunda parte de minhas impressões acerca deste festival!

Abraços, até lá!

Toca o Barco!

3 comentários:

♠ AZ de Espadas ♠ disse...

Grande texto
Algumas coisas que me revoltou foi a imensa propaganda de "maior festival de rock do mundo" [e fazerem um festival pop e comercial], as incontáveis referências às bandas do único RIR da história [o de 1985] [sem honrar a nenhuma delas], e a palhaçada do apelo colocando o Milton Nascimento cantando Love of My Life.

Motörhead fez o melhor show desse festival de 2011 [apesar do Andreas Kisser ter dado um miguézin no fim do show].

Elton John me deixou feliz trazendo consigo o 2Cellos [dupla que torço muito pra se tornar um dos grandes nomes da música mundial].

Metallica fechou bem a noite do Metal.

SOAD fez um show respeitável.

E o Guns mostrou que é a pior banda moribunda em atividade no mundo.

Ahh, discozin complicado de achar aquele d'A arte de Jimi Hendrix viu...

Anônimo disse...

sensacional jack!!!
direto e seco, critica é assim, penso logo critico.
bjão pradoca.

Orquidea disse...

Achei a mesma coisa referente a Metallica, nada demais, apenas Metallica sendo Metallica como sempre em todos os shows, ou seja, bom pacas.

E quanto aos coments de que RiR foi comercial... And so what? sempre foi, surpresa nenhuma...

Dai vc rebate dizendo "ah mas o RiR1 tinha mais Rock do que esse"

Sim verdade, tinha mais Rock porque era o que estava na moda naquela época.
Eu não era nascida, mas dizem os livros de história, que no ano do primeiro RiR tava acontecendo uma mudança politica no Brasil (inicio do fim da ditadura militar) e nessa época o Rock, e alguns cantores ditos hoje da MPB, tocavam e cantavam musicas contra a ditadura e a censura. Com letras escrachadas e romantizadas sobre a situação. O povo não podia se movimentar abertamente, fazia isso atraves da musica, comprando, ouvindo e indo a shows desses artistas que diziam as coisas que eles queriam dizer, mas não podiam.

Não, os caras que tiveram a idéia de fazer o RiR não estavam pensando no lado politico da ciosa, talvez um pouco, mas além, muito além disso estavam vendo cifrões de verdinha nessa situação toda. Por que não juntar em um lugar só bandas e musicos nacionais do momento + alguns gatos pingados internacionais em um lugar só?
O povo brasileiro ta louco por uma mudança radical, em todos os sentidos, tudo isso é o que ta fazendo sucesso, é o que eles pagam pra ouvir...
Então vamos dar o que o povo quer.

Tudo questão de se ter visão pra negocios, ta ai uma das idéias mais bem sucedidas do século passado.

Comercial sempre foi, acordem pra vida e deixem de ser manipulados pelas idéias que lançam na internet e nas mídias de massa, e vão a fundo, pesquisar o que dizem antes de concordar com tudo só porque o que foi dito explica mais ou menos como você se sente.

E sim, também acho uma puta falta de sacanagem por Axé em um evento desse tamanho e não é porque tem Rock no nome, é porque eu não curto Axé e essa porra toda de rebolar bundinha e balançar peitinho.

Porém os dias foram bem divididos não foram? Teve dia do pop, dia do bundalele, dia do metal...
Acho que só indigno foi o pobre Elton Jhon, que ficou perdido entre Katy Perry e Rihanna...

Não sei qual pior, comparar a musica de Sir Elton Jhon com o pop dessas tecnogirls comerciais ou compara-las com o estrelismo, qualidade musical e brilhantismo de Elton Jhon e deixar que elas dividam palco com ele...

De qualquer forma, eu fiquei em casa e não perdi nada (y)

hits Online Users

De onde vem..

www.e-referrer.com

BlogBlogs.Com.Br

    IP
Comentar/adicionar no Comentarium Blogroll Center Music Paperblog :Os melhores artigos dos blogs
Contador de visitas