domingo, 30 de outubro de 2011

[Injustiçados] Um Guitarrista destemido: Scott Gorham, "...e que venha o próximo..."!




Muito se fala dos Guitarristas do Thin Lizzy, Brian Robertson - que depois também foi do Motorhead, Gary Moore - que dispensa apresentações, o excelente Snowy White - que depois excursionou direto com o ex-Pink Floyd Roger Waters, John Sykes - que depois foi para o Whitesnake... Mas NINGUÉM costuma citar o destemido - e realmente sem medo algum, Scott Gorham!
Scott quem(?), para a maioria 'chegando agora'...
Por isto, e muito mais, Scott  é mais um dos GRANDES músicos que faz jus a entrar no time dos Injustiçados!


Este Guitarrista nascido na Califórnia, exceto na primeira fase do Thin Lizzy, com Eric Bell, que ele não estava na Banda, só pegou "pedreira" para dividir as guitarras com ele! Aliás, Bell era o guitarrista do Thin Lizzy quando abandonou um show pelo meio, deixando Phil Lynnot e Brian Downey finalizando o set. Apenas baixo, bateria e vocal! (* Mais uma das Histórias do Tio Jack aqui! *)

(Scott por Jim Fitzpatrick - www.jimfitzpatrick.ie)

Daí, Phil nunca mais querer passar por esta triste experiência, e ter optado por dois guitarristas, SEMPRE! Apesar disto, Mr. Gorham nunca desistiu, e não se deixou ser relegado ao posto de guitarrista base! Muito melódico e ágil, marcou o som do Thin Lizzy quando dividiu as guitarras com o escocês Brian Robertson. Ambos faziam harmonias 'gêmeas' geniais, que davam 'cor' e personalidade características ao som da Banda.

(Brian Robertson & Scott Gorham - Guitarras gêmeas, Cowboy Song)


Quando Brian saiu, Gary Moore veio dar a sua contribuição ao Lizzy! Scott Gorham não se intimidou e dividiu as guitarras, ora harmoniosamente, ora agressivamente com Moore, mas sempre com muito 'feeling'. Gary Moore reconhecidamente um 'ÁS da Guitarra' já naqueles tempos, viu em Scott um colega extremamente competente e determinado a deixar a sua marca no som da Banda.




Após a passagem de Moore pela Banda, Lynott recrutou o guitarrista de Blues inglês, Snowy White, que após um período de três anos e dois álbuns, envolveu-se com o Pink Floyd e Roger Waters. Snowy por ser 'bluesy' tem como característica marcante o sentimento, a lentidão e a técnica. Foi interessante vê-lo encaixando-se ao som da Banda, e fazendo com que Scott mais uma vez se moldasse ao estilo de seu novo companheiro.

(Emerald em uma versão estonteante de baixo, bateria e guitarras!)


E depois, Scott teve que receber o "abusado" e agressivo jovem Guitarrista 'selvagemente insano' John Sykes, recém saído do Tygers Of Pan Tang! (Será que eu gosto deste cara?). A verdade foi que Sykes veio dar a agressividade e a velocidade que a Banda estava precisando. Definitivamente, John Sykes abriu uma nova fase do Thin Lizzy. Fase esta muito mais pesada e rápida ao Vivo! Sykes encontrou um Gorham experiente, veloz, astuto, mas com muito feeling! Mas notem como até as harmonias "gêmeas" são mais rápidas e gritantes...

(John Sykes & Scott Gorham - Novos ventos para o Thin Lizzy!)

(John Sykes & Scott Gorham - E a pancada continua...Holy War!)

Por toda a 'barra' que ele segurou, por toda a sua competência técnica, por sua valorização de Amizade a Phil Lynott, por sua dedicação ao Thin Lizzy até hoje, e principalmente, pelo exuberante Guitarrista que ele é, Scott Gorham deveria ser MUITO mais lembrado e ser tido como referência para as Gerações de guitarristas pós-Thin Lizzy!

OBRIGADO SCOTT GORHAM!!!

 
(Clique na foto para ver Scott acústico!)

sábado, 29 de outubro de 2011

[Mme. Lú Avisa] Vamos Ajudar a Divulgar o Rock !!!



"
Torço para que as Gerações que venham de hoje em diante melhorem, não só o que ouvem, como as suas "cabeças"!

O Mundo é NOSSO! Cabe a nós, sabermos preservá-lo, e sabermos VIVER com ALEGRIA!

Hoje o que ouvimos é um monte de SAMPLERS (trechos de canções feitos pelos verdadeiros músicos) e copiados, ou "transpostos de forma (atualmente) - dita - artística", por vias tecnológicas, para músicas massificadas, acéfalas, e que surpreendentemente, são escutadas, dançadas, e ainda vendem!


Música (para mim), é sentimento. É para se divertir, chorar, "viajar"... E estão criando uma geração que não PENSA! Que não sabe o que é ter SENTIMENTOS em relação a música como Arte!

E por que não ver e ouvir o GLEE (ou novos programas similares)?
Pelo menos mostra aos mais jovens músicas e talentos (músicos), que podem vir a inspirar novos talentos Nacionais, que espero, entendam o valor do Rock & Roll!


Os nossos filhos não são só, "o fruto do Meio" (em que vivemos). São "o fruto do Meio" (em que os criamos). Se tivermos ATENÇÃO com eles (e não só com nós mesmos), estaremos criando HOMENS e MULHERES, dignas de FAZEREM no Futuro, um BRASIL MELHOR, para eles ... (e para nós)...


Na verdade, na verdade, a mensagem é a seguinte: "Cada 'Tribo' com o seu Ideal, mas com um só objetivo: MELHORAR O MUNDO!"


E LONGA VIDA AO ROCK & ROLL !!!!!! "
                                                                                                      Lú


Deixei para publicar este seu "manifesto" apenas hoje. Mas deveria ter sido ontem...


É engraçado como o tempo passa...

Olhando para trás, no tempo, ainda vejo aquela menina, que gostava de Rock & Roll e discutia sobre todos os assuntos!

Ontem aquela menina fez mais uma "Primavera", tão importante quanto as outras, mas talvez mais significativa. Também não importa!

Feliz Aniversário, e que possamos desfrutar desta data juntos, muitos e muitos ANOS mais!

Parabéns!

Te Amo!
                                                                               Seu velho e bom, Jack Bracan


(Fonte: sweetmary.com.br)


 

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

[Rápidas] - E Eles estiveram LÁ, no Brasil, de novo!



E mais uma vez Eles estiveram LÁ no Brasil! 
Os 'revitalizados' "meninos" do Purple descobriram o Pará, o Ceará e Floripa! Parabéns aos Produtores destas Cidades! As vezes o Público precisa ouvir/ter a oportunidade de conhecer, algo diferente!
Melhor para os que conhecem, gostam e tem esta magnífica oportunidade de vê-los!

Enquanto isto, em Salvador, na Bahia...


Segue integra da matéria:

Deep Purple confirma shows no Brasil. Confira os locais

A lendária banda inglesa Deep Purple confirmou em seu site que fará seis shows no país em 2011. Confira abaixo as seis cidades do Brasil em que o grupo se apresentará, seguidos da data e local.


05 Outubro - Belém; Cidade Folia
07 Outubro - Fortaleza; Siara
08 Outubro - Campinas; Expo America
10 Outubro - São Paulo; Via Funchal
11 Outubro - Belo Horizonte; Chevrolet Hall
12 Outubro - Florianópolis; Stage Music Park


Toca o Barco!
ligeiro...ligeiro!

 

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

[Dica do Dadau] - Olha o Solo do Cara!!!




"
De: Dadau Toledo
Enviada em: segunda-feira, 24 de outubro de 2011 12:58
Para: Jack Bracan
Assunto: Olha o solo do cara


Você se lembra de um filme dos anos 80 “Loucademia de polícia”???

Tinha um cara no filme que fazia vários sons com a voz.
Pois bem veja ele em Whole Lotta Love.
"


Ok, ok!
Se eu já era FÃ deste cara, agora então ferrou!
Ele, Michael Winslow é muito, muito bom! Não é a toa que ele é chamado de "o Homem dos 1000 barulhos (sons)"!
E ele até já andou dando o ar de sua graça aqui pelo Brasil, aparecendo até no Faustão em Março deste ano.

 
Clique na foto para ver alguns trechos de Michael nos filmes "Loucademia de Polícia"...

Pois é, este ator e comediante é demais!
Engraçado, criativo e uma fábrica de sons ambulante!
Mas nos detendo no aspecto Rock & Roll da coisa, notem só uma outra passagem Page e Plant, desta vez em seu espetáculo - Ao Vivo!


Fantástico, não?
E para finalizarmos, não poderia deixar de estar aqui contemplado: Jimi Hendrix!



"Pare o Mundo que EU quero descer" - como diria o "Profeta" Raul Seixas!
Valeu Dadau, por mais esta!





E .. Toca o Barco!

\m/




domingo, 23 de outubro de 2011

Seção "Coisas que só acontecem no Rock & Roll" - VII – Rock & Roll: Hard & Heavy, por uma causa justa!


Bem, em tempos de queda de ditaduras pelo mundo árabe, me lembrei de um acontecimento Histórico envolvendo também ditadura, mas agora com muito ROCK!
Esta vem do final da década de 80!
Mais precisamente em 1989. Eu, então noivo de Mme. Lú, andava meio que afastado do Rock & Roll. Estudando muito para terminar a Faculdade, e procurando emprego para o casamento que estaria por vir.
Eis que vejo no telejornal, provavelmente o da Globo, que os EUA invadiram o Panamá do ditador, General Manuel Noriega...
Pensei comigo: - "Coitado, este sobrou!".


Mas não é que o "todo poderoso" general conseguiu evadir-se, travestido de mulher, e conseguiu refúgio na Embaixada do Vaticano, em terra panamenhas?
Não é preciso dizer que os soldados americanos rastrearam-no e descobriram o seu esconderijo. Os padres, bispos, ou sei lá, clérigos viventes na tal embaixada, aceitaram a presença do "Nori"(*), por uma questão humanitária. Militares americanos tentaram dissuadí-los de tal idéia, mas foram alertados que caso ouvesse uma invasão, pelas leis internacionais que regem as boas relações entre os países, uma embaixada é considerada solo do país a qual ela está representando. Portanto seria uma "invasão" ao Vaticano, e não ficaria nada bem para os EUA!

(O sacana não tem uma cara de um 'conhecido "gente boa"?)

O que fazer então? "Nori" iria ficar hospedado por lá por toda a eternidade, e os soldados por sua vez também! Sem previsão de retorno!
E foi aí que entrou a "inteligência"(**) americana! Estudos do perfil comportamental de Noriega atestavam que ele era profundo admirador de música clássica, abominando, portanto, a maioria das expressões musicais populares, excetuando-se é claro, as de seu País. Pois bem, os soldados americanos decidiram se divertir, uma vez que não tinham retorno definido. Arrumaram torres de som, espalharam-nas pelas cercanias da embaixada e com potentes amplificadores, e uma belíssima aparelhagem de som, "BOMBARDEARAM" o local, (e também fizeram muita festa), ao som de MUITO Rock & Roll e pesadas Bandas de Heavy Metal!

 (Nesta época eles eram 'carnívoros', e mereciam estar na programação!)

ACDC, Van Halen, Led Zeppelin, Grand Funk, Black Sabbath, entre outros figuraram em mais de 48 horas ensurdecedoras de "concerto" ininterruptas!! Bem, não é preciso dizer que a 'religiosidade' que antes era a favor de tê-lo ali, por uma questão humanitária, optaram por fazê-lo entregar-se, uma vez que nem orar podiam, imagine dormir!
Então, o velho "Nori", sentindo-se rejeitado, decide entregar-se ao exército americano, fora da embaixada, of course!



 Esta História é muito boa não?
Tive a oportunidade de vê-la sendo retratada, tempos depois, no filme "Noriega- O favorito de Deus". Bom filme, que retrata como é a política externa americana com os países da América Central!
Outra visão do mesmo fato também pode ser visto aqui: 
E aqui, a visão americana deste episódio da História:
http://ivarfjeld.wordpress.com/2010/04/30/when-heavy-rock-was-used-to-get-general-noriega-out-of-vatican-protection/


 (*) - Nori (Manuel Antonio Noriega), era um escroto ditador militar, que deu um golpe, entrou no poder, se vendeu aos americanos, e quando todos souberam que ele envolvia-se com tráfico de drogas, [os mesmos americanos] o abandonaram e tomaram-lhe o poder!

(**) - C.I.A. - Agência de Inteligância Americana, trabalha com informações!






Até o próximo!


Opppppppsssss...

Até a Próxima!
Huahuahuahuahuhauhauhauhauha!

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

[Dica do Dadau] - E para encerrar sobre o Rock in Rio: (Quase) tudo em um!




Bem, depois do único DJ 'atual' que consegui engolir, o "DJ Ashba", guitarrista do 'novíssimo' Guns, um DJ atual que gostei! Hoje em dia, este título de DJ está totalmente deturpado quando de seu início! DJ, termo originariamente utilizado para designar os radialistas que lococavam músicas para tocar em seus toca discos, nas estações de Rádio. DJ vem de 'Disk-Jockey', e como GRANDES exemplos, temos o alavancador do Rock & Roll, Alan Freed, para muitos o criador do termo Rcok & Roll e como exemplo nacional, temos o nosso saudoso Big Boy, radialista/locutor da também saudosa Rádio Mundial AM 860.


(DJ Ashba no RiR 2011com o Guns & Roses)


Pois bem, eis que recebo a seguinte mensagem do Dadau:

"
De: Dadau Toledo
Enviada em: segunda-feira, 17 de outubro de 2011 15:22
Para: Jack Bracan

Assunto: Esse show vc não viu





DADAU TOLEDO "


Eis que ele nos apresenta um cara altamente criativo chamado DJ Faroff! O cara faz coisas muito interessantes (e criativas fusões) de imagem e sons de diversos artistas, de diversas épocas! SHOW!


Mais uma do 'velho' Dadau!


Para os que se interessarem em saber mais sobre:

DJ Faroff - Home page do cara:




Alan Freed - Site aborda sobre quem foi esta quase Lenda:

 

--x--


Big Boy - Este Blog diz a importância de Big Boy para o Rádio:

 


(Clique na foto para saber da História desta Rádio)
Até ... E ...
Toca o Barco!!
\m/


domingo, 16 de outubro de 2011

O Rock in Rio 2011 - A sua quarta edição nua e crua! - Parte II - final!



E para finalizarmos com a minha opinião acerca do que VI (e achei) deste festival, damos seqüência, agora, a parte dois! Bem mais leve que a parte um!
Porquê? Vocês irão ver...

Quinta-feira, dia 29/09 - Palco Sunset:
- Joss Stone : Sem querer menosprezar alguém, mas só me dei ao 'trabalho' de ver a Joss Stone das "apresentações" deste palco. Ainda bem que ela não lembra em nada aquela Joss da "hiper-mega-ultra-super" banda, que até o nome o é difamatório: superheavy ... blearrghhhh! O mais novo brinquedinho do Sr. Jagger - mas esta fica para a próxima! Em seu repertório de músicas suaves, ela em poucas passagens me fêz lembrar Janis (Joplin). Mas que comparação esta a minha????

(A nossa amiga vale, não?)

Quinta-feira, dia 29/09 - Palco Mundo:
- Legião Urbana + Orquestra Sinfônica Brasileira, com participação especial de Dado Villa-Lobos, Marcelo Bonfá e convidados : Eu gosto do Legião Urbana! É verdade que na minha adolescência eu não gostava muito deles, aliás, tenho um péssimo hábito de DETESTAR guitarristas medíocres que não arriscam solos, e infelizmente, este é o caso do Legião, mas enfim! A verdade é que querem fazer $$$ às custas do falecido Renato Russo! É uma aparição "mambembe" no festival, e agora, uma coleção em quinze fascículos da história e discografia do Legião. Pelo menos o primeiro volume foi barato! Bem, nada a comentar, pois infelizmente, o Legião era o Renato e mais três músicos, e ali, naquele palco, apenas dois, e os mais fraquinhos...que pena! Ah... ia me esquecendo... teve a Orquestra Filarmônica Brasileira (em um festival intitulado de Rock!).

- Janelle Monáe : Não a conhecia. Uma pena (que a conheci!). Pura perda de tempo! Antes de sua entrada ao palco até pensei que iria me surpreender, mas que nada! O seu melhor momento foi fazendo o 'moonwalk' em uma música de Michael Jackson. HORRÍVEL!

Os outros dois da seqüência, nem me procupei em vê-los! A grande PENA para mim foi não ter podido assistir ao Show do Stevie Wonder, a quem considero um dos mais influentes músico e compositor do Rock & Roll. Por si só, Stevie Wonder merece um POST de altíssima qualidade! Ainda não pude ver nem por VT, mas acredito que deve ter sido Grande!


Sexta-feira, dia 30/09 - Palcos Sunset e Mundo:
E este dia existiu? Aff... Não fosse pela apresentação (do coitado) do Lenny Kravitz (show este que também nem cheguei a ver), espremido por duas monstras POP, uma nacional e outra colombiana, este dia deveria ser riscado da história de um festival de Rock! A menção honrosa fica pela bunda da dançarina e pseudo cantora do Buraka Som Sistema, dançando o seu 'kuduro' ... huahuahua!!


Sabado, dia 01/10 - Palcos Sunset e Mundo:
Hã? O melhor a fazer é dormir, ou qualquer outra coisa, menos televisão! Tá, libera-se Frejat e Skank? Erasmo? Melhor do que ser surdo, não é mesmo?

Domingo, dia 02/10 - Palco Sunset:
- Titãs e Xutos & Pontapés : Uma tremenda BOA surpresa para mim foi conhecer a Banda portuguesa Xutos & Pontapés! Muito legal! Rock & Roll direto, que casou perfeito com o que sobrou dos Titãs! Muito, muito interessante! Vou atrás de conhecer os seus trabalhos! O show foi vibrante do início ao fim! Parabéns!

(Vale a pena ver o Show dos Titãs(?) e do Xutos e Pontapés!)


Domingo, dia 02/10 - Palco Mundo:
- Detonautas : É... com o seu "rockzinho" a lá global 'malhação', o já quase todo tatuado (e marombado) Tico Santa Cruz, continua achando que palco é palanque político.
Mas não posso negar, as músicas da banda são pesadinhas! Porém, o seu melhor momento, foi coincidentemente, quando ele politizou de novo! Com a máscara de "V de Vingança", também,  coincidentemente, um antigo POST daqui! O Sarney é que não deve ter gostado nada, nada disto! Aliás, foi a segunda "homenagem" ao 'dono das Alagoas'. Dinho e o seu Capital Inicial ofereceram-lhe a música "Que País é este" do Legião quando em sua apresentação!

(Momento arrepiante! Espero que estas vozes se façam OUVIR!)

(Coisas que só acontecem no ROCK & ROLL - edição especial!!)

- Pitty : Veio na seqüência. A coitada da Pitty, tenta, tenta, mas não contenta! Existe algo em sua voz que não se encaixa - na minha opinião - com o instrumental pesado que ela mesmo requer da Banda em suas composições. Enfim! Pelo menos é uma bainana que faz ROCK & ROLL!! Continue aí Pitty, nós precisamos de você! Mesmo eu ainda achando que esteja faltando algo de força em sua voz...

- Evanescence : A vez e a hora de Amy Lee e os seus Ahhhsss-Uhhhssss e UAAAAUUUUHHHHHssss! Nada contra! Eu a-d-o-r-o Heavy Metal e o Rock Progressivo, mas tenho de ouvir mais estes filhotes deste cruzamento... ou devo dizer que esta Banda é gótica, ou alternativa, ou Heavy Metal? Nú Metal, quem sabe... Sei lá! Só sei que vi apenas uma parte do Show. Achei legalzinho, mas não me empolguei! O bom é que o seu som é pesado!

- System of a Down : Já estava dormindo a muito tempo, afinal, segunda é dia de trabalho!


- Guns N' Roses : Este Axl não toma jeito mesmo, não é? Ele deve "se achar" a 'última Coca-Cola gelada da praia', ou 'a bala que matou Kennedy'!! Ele tenta ser o último 'Rock Star' vivo do planeta! Atrasos, rebeldia, violência... tudo em nome da Fama de ser 'bad boy'! Tough guy! Tá bom! Primeiro o cara dá 'no show' no vôo que traria a Banda para o Rio no dia anterior, depois faz toda uma produção expatriada correr atrás dele nos E.U.A. para colocá-lo dentro de um jato fretado que o conduziria ao Rio no dia do Show, com chegada prevista para às 13:00h. Após isto, um atraso de quase 01:30h para a entrada da Banda ao palco, para o encerramento do evento. - "Good evening! Good morning!" - disse Axl à uma exausta platéia! E por mais de duas horas Axl e o seu Guns 'desfigurado' Roses aguentaram firmes no palco a forte chuva que castigava o Rio de Janeiro! Aliás, que palcozinho triste aquele... chovia mais no palco que na platéia! Será possível que ninguém previu que poderia chover? O palco não tinha proteção alguma, e tome-lhe água! Enfim, a verdade é que o Guns virou banda de apoio de Axl Rose. Aliás, seria muito mais honesto com todos, com os Fãs, e até com o próprio Axl se ele não utilizasse mais este nome. Use, Axl e os seus Roses, sei lá, mas deixe o nome Guns & Roses! O Guns foi o Guns com Slash e até Matt Sorum, depois Bye! Nesta formação, aliás, como sempre, guitarristas altamente competentes (três?), mas incrívelmente lembrando o seu antecessor Slash, quando de seus solos "nota por nota", um baterista pesado, um baixista marcador e um velho e gordo gritador Axl, na média para o tempo parado. Chinese Democracy e algumas de suas músicas foram executadas, mas os Grandes Clássicos de outrora foram os que fizeram a galera cantar e pular!

( Podem falar o que quiser, mas foi um Grande Show! 02:20m! :) )

Grandes momentos do show, o guitarrista 'barbudinho' e a sua máscara de "Guerra nas Estrelas", hilário... e a menção honrosa vai para os câmeras da Globo/Multishow - e´*oda descobrir quem está fazendo o solo quando se tem três guitarristas no palco e um editor chefe no estúdio que desconhece do assunto, hein??
RESUMO: FOI UM EXCELENTE SHOW!!

E assim acabou o festival, mas não o 'show' do Axl, que continuou na Argentina, confiram abaixo:

"Get the fuck away from me, you fucking idiot"!!

Vai...Rock Star...


E Toca o Barco!
\m/


quarta-feira, 12 de outubro de 2011

[Rápidas] - Lulu: Estariam os meus presságios corretos?


Primeiro o poster que foi banido do metrô londrino, oxalá não seja a tal capa do disco! Depois isto...
Estão de brincadeira!
E eu nem sei se os "leais" Fãs de Lou Reed gostaram (ou irão gostar) disto!
O certo é que a primeira amostra desta 'coisa' chamada Lulu não me agradou!
 

Guitarras com riff pesado, a bateria de Lars presente, mas soando estranha e um Lou Reed perdido, segurando toda aquela energia, prestes a explodir, declamando seus lentos 'versos' em uma cadência... latência... Aí precisamos que o James tente 'empurrar' o Metallica, mas infelizmente, Lou assume de novo o comando... e aí... tome-lhe rastejar! E olhe que o Kirk até tenta sair das "amarras" que Mr. Reed lançou na música, mas, putz...!!!





Está bem! Desde o início eu não aprovei esta junção 'sem noção' - Links (1) e (2), mas quem sou EU para aprovar algo no Mundo $$$$ do Rock & Roll destes dois "monstros"??
E olhem, EU estou com muito boa vontade com este play! Enquanto escrevo este rápido POST, não paro de escutar esta música. Suficientemente com o volume alto o bastante para me assustar com a porrada inicial da bateria do Lars, mas este negócio não tem 'LIGA'! Não falta algo, falta tudo! Simplesmente não se encaixa!

É algo como se fosse este terrível enigma: 
"- Três pintinhos foram remando para a Lua, quantas pipocas sobraram? 
- Sete!
- Não! Nove!
- Porquê?
- Por que maracujá não tem orelha e melancia não tem bigode!"   
Entenderam? 
Nada a ver com nada!
Este é exatamente o que representa esta junção! Este terrível Enigma! :)
Esperemos então o lançamento mundial desta coisa...

E...Toca o Barco!

(e tenho dito) ...

P.S.: E já estão falando por aí em Lady Gaga no Queen! 
Me batam um abacate!!! Com Jack Daniels, é claro!



terça-feira, 11 de outubro de 2011

[Cielísticamente Falando] - Um Documentário imperdível!!




Trabalhando comigo, ocasionalmente, recebo a visita de um Grande BRO, que também aprecia o Bom e velho Rock & Roll - Marcelo, ou simplesmente, "o Cielo", é um excelente profissional da área de tecnologia, e em suas horas vagas, também contribui com o nosso Salada Rock aqui! Desta feita ele enviou-me tal email:

 
"
Prezado Jack!

Em minhas idas e vindas pelo submundo do Youtube, descobri este documentário fantástico. Trata-se de um criterioso processo de seleção que o Dream Theater fez no fim de 2010 para escolher o substituto de Mike Portnoy com grandes bateristas da atualidade:  Mike Mangini, Derek Roddy, Marco Minnemann, Thomas Lang, Virgil Donati, Aquiles Priester (brasileiro) e Peter Wildoer.

O documentário foi disponibilizado no Youtube em 3 partes que podem ser conferidas, em HD, nos links abaixo (aqui):

Part 1:




Part 2:




Part 3:





A técnica e destreza dos integrantes é de arrepiar!

Saudações,


MMedrado (o Cielo) "

Com certeza, "o Cielo" veio juntar-se a nós, dando a sua 'dose' de contribuição, com as suas observações e interessantes dicas.
Obrigado Cielo!

Grande debut!

"Cielísticamente" falando ...




Até mais!!

E... Toca o Barco!!

\m/


quinta-feira, 6 de outubro de 2011

terça-feira, 4 de outubro de 2011

O Rock in Rio 2011 - A sua quarta edição nua e crua! - Parte I.




E acabou!
Até 2013, na ESPERANÇA de um cast mais Rock, e menos voltado para o COMERCIAL!
Devo dizer que devido aos compromissos diários de trabalho, não pude acompanhar os últimos Shows dos dias com a devida atenção, mas vamos lá!


Fazendo um HONESTO e rápido balanço...


Sexta-feira, dia 23/09 - Palco Sunset:
- Móveis Coloniais de Acajú + Leitieres Leite & Orquestra Rumpilezz + Mariana Aidar : Vocês só podem estar de BRINCADEIRA! O que eles estavam fazendo ali?
- Ed Motta + Rui Veloso + Andreas Kisser : De longe o melhor Show deste dia neste Palco! Em termos de Rock, a MELHOR apresentação do dia dos dois Palcos! Só rolou os Clássicos!!



- Bebel Gil + Sandra de Sá : Muito Funk, muitos beijinhos entre as duas, e muito choro sempre ao citarem Cazuza ... um saco!
- The Asteroids Galaxy Tour + The Gift : Graças a Deus nem me dei ao trabalho de vê-los! No que estava absolutamente CERTO! Um LIXO, pelo que pude ver em alguns trechos!



Sexta-feira, dia 23/09 - Palco Mundo:
- Abertura: Milton Nascimento cantando 'Love of My Life' em um "dueto" nonsense com Freddie Mercury... Tudo a ver! Meu Deus, e ele aceitou... Deprimente! 



- Paralamas + Titãs : Momento interessante de duas Bandas que se conhecem, excursionaram juntas e até fizeram Tour dividindo o palco. Não conseguiu me levantar... :(
- Maria Gadú + Orquestra Sinfônica Brasileira : ... Hã????
- Claudia Leitte : Brincou! Apesar de ter o Led em seu setlist, pensa que está em cima de um trio aqui de Salvador! Por sua postura no palco totalmente fora de contexto, foi MERECIDAMENTE vaiada!
- Katy Perry : Meu Deus! Ela é loira! A Miss "Algodão Doce" não consegue nem prender a atenção de pré-adolescentes de 10 a 12 anos de idade! O seu melhor momento foi quando gritou: "Sorocabaaa!".



- Elton John : Com a sua envelhecida, mas Leal, Banda, Sir Elton era o "patinho feio" da noite no palco principal. Espremido pela creche da Kate, e pelos acéfalos fãs de rihanna! Desculpem-nos Sir Elton John!! O senhor não merecia isto! Quase ser posto para fora do palco por um punhado de fãs acéfalos aos gritos "rihanna" ... Aff!!
- Rihanna : Time to go to bed (Hora de ir para cama)! Perder o meu sono por aquilo? E aí entra a garrafa de vodka ambulante, mambembe! Só depois soube que o 'vendido' do Nuno Bittencourt (ex-Extreme) estava em sua guitarra. Justificou vendo-a fazendo 'air-guitar' em algumas fotos! É... rihanna, que falta fez o seu ex, hein?


Por outro lado, o momento "segura aí que minha consciência volta já!" fica por conta da global, Cristiane Torloni. Muito demais! Funny!




Sábado, dia 24/09 - Palco Sunset:
- Milton Nascimento + Esperanza Spalding : Milton já não é mais o mesmo... mesmo! Treme, e não tem mais o seu alcance de voz! Já Mrs. Spalding foi uma grata revelação para mim! Excelente contrabaixista e cantora! A sua linha de baixo foi "costurando" as músicas de maneira FANTÁSTICA! Me fez correr para conhecer os seus trabalhos! Muito Boa apresentação!
- Mike Patton & Mondo Cane + Orquestra de Heliópolis : Mike é reconhecidamente um 'louco'! Louco a ponto de abandonar o Faith No More e envolver-se com projetos Cult, nada comerciais! Desta vez, ele nos surpreendeu com um excelente Show, totalmente fora do seu estilo (antigo), cantando TODA a apresentação em italiano, mas com a postura Mike Patton de ser! A Orquestra de Heliópolis pareceu-me muito divertida, competente e extremamente entrosada com a Mondo Cane e com o Mike! Muito legal!
As outras apresentações não me sinto a vontade de comentá-las. Não gostei, não prestei atenção!




Sábado, dia 24/09 - Palco Mundo:
- Nx Zero : Nada mal para uma banda digna de figurar no cd da "malhação' da Globo! Pesadinha, sem nenhum compromisso com a 'verdade' musical! Deu para passar o tempo!
- Stone Sour : Outra apresentação surpreendente! Não pela competência técnica, mas pelo peso. Não conhecia esta Banda. Preciso ouvi-la mais! O seu bom vocalista também figura no Slipknot! Merece atenção!
- Capital Inicial : Um show típico do Capital Inicial! Ives tocando bem e Dinho animando a festa! Destaque para o vocativo ao Sarney, na introdução da cover do Legião "Que País é Este?".
- Snow Patrol : Hora de dormir! Nada que preste!
- Red Hot Chili Peppers : Pessoalmente está longe de ser uma das minhas Bandas preferidas, mas é inegável a Energia que a mesma impõe em suas apresentações. O Flea é um músico incrível! Chad, o batera, inflige igual pressão em seu instrumento na mesma intensidade que o Flea em seu contrabaixo! O Anthony Kiedis não me convence como vocalista. Acho ele apenas "o" vocalista para o Red Hot, e o novo guitarrista, segue a linha dos anteriores. O Momento do show, incontestavelmente foi a encore, na qual eles aparecem com as camisas com a foto do filho da Cissa Guimarães, homenageando-o no que seria o dia de seu aniversário!!





Domingo, dia 25/09 - Palco Sunset:
- Matanza + B Negão : Um saco! Aliás, os dois pés no saco! Esperava mais do Matanza! Confesso, nada do B. Negão!
- Korzus + The Punk Metal All Stars : Grande iniciativa! Achei que faltava o Redson (que fez a passagem dias depois)! O Korzus continua a mesma barulheira inconsequente de anos atrás! Sem refinamento! Com aqueles vocais ... Bom, pra quem gosta... Pelo menos foi pesado! Mas eu não gostei! Pena! O Grande Momento foi a entrevista da coitadinha da Érika Mader com o J. Gordo! Fantástico! Huahuahua!
Vale a pena ver de novo! Direto da Seção "Meu Deus, o que eu estou fazendo aqui? Me tira logo disto!!". Não deu uma dentro!


- Angra + Tarja Turunen : Muito boa apresentação! A Banda afiadíssima, como sempre. O Edu Falaschi é que achei que não cantou como "O Vocalista" do Angra! Mas foi legal! Embora, este Show já mostraria as "nuvens negras" que viriam a pairar na qualidade do Som, não só para as Bandas, bem como para o público, inclusive o de casa! Não só o Angra e a Tarja sofreram, também o Sepultura e o Motorhead! Mesmo ainda em palcos diferentes!!
- Sepultura + Tambours du Bronx : Problemas técnicos atrasaram a entrada do Sepultura, e consequentemente dos tambores do Tambor - êta nós!! Já suficientemente "alto" algumas doses de whiskies, dormi uns revigorantes minutos. Tempo ainda para ver algumas músicas desta apresentação! Muito legal a energia entre as duas Bandas. Isto sem falar das pancadas dos tunéis! A performance dos percussionistas franceses foi algo muito energético e tribal, casando feito "uma luva" com o som visceral e também tribal de Andreas e sua Turma!

(Sepultura e os Tambours Du Bronx) 



Domingo, dia 25/09 - Palco Mundo:
- Gloria : Apesar de instrumentalmente pesado, um vocalista "perdido"! Decididamente a banda não tinha calibre para estar ali! Foi vaiada quase todo o tempo, exceto quando do solo de bateria, sabiamente improvisado no setlist para fazer o "povo" acalmar! Não adiantou muito, o solo acabou, a Banda continuou a executar as suas músicas, e tome-lhe vaia! Porque eles ali e não o Sepultura?
- Coheed and Cambria : Grata surpresa para mim e para o público! Desconhecia esta Banda! Muito boa! Os Guitarristas são mortais. O Vocalista/guitarrista Cláudio Sanchez é excelente. Cabeleira estranha, mas ainda um excelente músico e compositor. Quando as coisas "apertaram", eles lançaram uma cover do Iron Maiden - "The Trooper"! Ganharam o público a partir daí! Vou prestar mais atenção a esta Banda!
- Motorhead : Excelente Show, energia pura! Mesmo com TODOS os problemas críticos com a operação do som, até mais ou menos a sua metade! Até a música final podíamos ver Mikkey Dee gritando com a técnica. Phil Campbell não parava de gesticular, apontar para o seu equipamento, "falar" em direção ao backstage, também claramente reclamando! Lemmy foi mortal até o final, mas parecia desconfortável! Sem muita empolgação, mas com profissionalismo! Ao terminarem o seu "set", Mikkey Dee foi ao estúdio da MultiShow, ser entrevistado pelas "meninas" Didi Wagner e Luisa Micheletti. Enquanto Mikkey falava dos muitos problemas com o som, o próprio Lemmy ia pessoalmente "cobrar" explicações do pessoal da técnica! Grande momento!!


  
- Slipknot : Confesso que vi quase nada! E o que vi, achei interessante! Cenas impagáveis do Show: O mosh de um dos integrantes e o "louco bum -bum do tambor" - o taco de beisebol voltando na cabeça do palhaço (cena final)!


- Metallica : Este foi um show do Metallica, sem tirar e nem por! Nada de especial! Apenas o velho e bom Metallica! Mais pesado ao vivo, e colocando a povo para vibrar com os seus clássicos! Show marcante!




Aguardem para muito breve a segunda parte de minhas impressões acerca deste festival!

Abraços, até lá!

Toca o Barco!

hits Online Users

De onde vem..

www.e-referrer.com

BlogBlogs.Com.Br

    IP
Comentar/adicionar no Comentarium Blogroll Center Music Paperblog :Os melhores artigos dos blogs
Contador de visitas